sexta-feira, 25 de maio de 2018

Bolachas de Laranja - Desafio A cozinha com... Les gourmandises de Sara


Mais um mês, mais um desafio do grupo Cantinho das Cozinheiras. Desta vez o blog escolhido foi o "Les gourmandises de sara", confesso que a minha escolha não foi nada facilitada com todas as delícias que ela sugere. No entanto, a minha escolha recaiu sobre umas bolachinhas que tinham um aspecto óptimo e que adaptei para ficarem com sabor a laranja.
Ora fiquem então com a receita e as fotos da mesma.


Coisinhas necessárias:

♥ 100g de manteiga;
♥ 100g de açúcar;
♥ raspas de 1 laranja;
♥ 1 ovo;
♥ 250g de farinha;

Num processador colocar todos os ingredientes e processar até formar uma bola.
Levar ao frigorífico embrulhado em papel aderente cerca de 30 minutos.
Passado este tempo, retirar do frigorífico e com um rolo da massa esticar a massa. Cortar com cortadores que mais gostarem.
Levar a um tabuleiro forrado com papel vegetal e levar ao forno pré-aquecido a 180º cerca de 15 minutos ou até estarem douradinhas.







Dicas:
♥ Podem esticar para ficar da grossura que quiserem, se gostarem de bolachas mais finas esticam mais.
♥ Decorei algumas com glacé.

terça-feira, 22 de maio de 2018

Aventura no Mundo das Pastas de Açúcar #50

Mais um aniversário, mais um bolinho saído da minha cozinha. Acho que já disse isto uma vez, mas não me canso de repetir que cada vez mais adoro esta arte. Cada desafio, cada ideia me faz querer fazer mais e mais.
Desta vez saiu um bolo em forma de livro Sudoku. Deixo-vos então com as fotos do bolo.





O bolo era de chocolate com recheio de coco.

terça-feira, 1 de maio de 2018

Caracóis de Baunilha


Já há algum tempo que não participava no desafio do Dia um... Na cozinha. Este mês o tema era caracóis, doces ou salgados, a escolha era nossa.
Para este desafio decidi então que seriam uns deliciosos caracóis de baunilha e posso dizer-vos que estavam deliciosos.

Coisinhas necessárias:

♥ 125 ml de leite morno;
♥ 1 ovo;
♥ 1 saqueta de fermento Fermipan;
♥ 60g de açúcar;
♥ 1 colher de sopa de açúcar baunilha;
♥ 50 g de manteiga;
♥ 350g de farinha;
♥ 1 pitada de sal;

Coisinhas necessárias (recheio):

♥ 4 gemas;
♥ 100 g de açúcar baunilha;
♥ 500 ml de leite;
♥ 35g de maizena;
♥ 1/2 vagem de baunilha;

Na máquina de fazer o pão colocar todos os ingredientes para a massa e seleccionar o programa para "massa". Na minha máquina de fazer o pão demora cerca de 1h30 para mexer e levedar.
Entretanto ir fazendo o recheio: numa panela juntar todos os ingredientes e mexer tudo até engrossar. Levar a um prato fundo para arrefecer.
Quando a massa estiver pronta esticar num rectângulo, cobrir com o recheio e enrolar num rolo, cortar pequenos rolos de cerca de 2 cm e levar a um tabuleiro coberto com papel vegetal a forno pré-aquecido a 180ºc cerca de 20 minutos.



Dicas:
♥ A receita foi inspirada daqui.
♥ O açúcar baunilha utilizado é basicamente um pote de açúcar que eu tenho em casa com o aproveitamento da vagem de baunilha quando as sementinhas já foram utilizadas.

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Torta de Coco - Desafio A Cozinhar com... A pimenta Rosa Doce


Alô gente gira!
Há já algum tempo que não participava neste desafio do Cantinho das Cozinheiras - o A cozinhar com. Este mês como tive mais tempo decidi então pôr as mãos na massa e participar. O blog escolhido para recriar uma receita foi o da A Pimenta Rosa Doce (se não conhecem esta é a vossa oportunidade de irem visitar), a escolha não foi fácil com tantas coisas boas, mas lá me decidi por esta torta de coco. O que me surpreendeu é que não leva farinha, o coco funciona como tal. Podem ver a receita original aqui, eu fiz exactamente igual só cortei um pouco no coco e decidi colocar-lhe uma cobertura para aproveitar as claras.


Coisinhas necessárias:

♥ 6 gemas;
♥ 250g de açúcar;
♥ 100g de coco;
♥ 25g de margarina;
♥ 3 claras;

Coisinhas necessárias (merengue):

♥ 3 claras;
♥ 4 colheres de sopa de açúcar;


Começar por bater as gemas com o açúcar. Juntar a manteiga e bater mais 2 minutos. Acrescentar o coco. Por fim envolver as claras em castelo no preparado e levar ao forno num tabuleiro untado com manteiga ou spray desmodelante e coberto com papel vegetal e untado novamente a 180ºc cerca de
15 minutos.
Quando estiver pronto virar a torta por cima de um pano molhado e polvilhado com açúcar e enrolar cuidadosamente. Deixar arrefecer antes de passar para um prato.
Preparar o merengue: bater as claras em castelo juntamente com o açúcar até não se sentir nenhum grão e formar um merengue bem firme. Cobrir a torta (já arrefecida) e queimar com o maçarico.






Bon Apetit

terça-feira, 24 de abril de 2018

Entremeada grelhada

Alô gente gira!
O que vos trago hoje é do mais simples e delicioso que há: uma entremeada grelhada acompanhada com uma salada. Quando se fala em grelhados há dois tipos de pessoas: os que gostam apenas com sal e pimenta e toca a grelhar e outros (como eu), mais gulosos que gostam de elaborar um molho para ir pincelando enquanto se grelham e como se não bastasse antes de tudo isto deixar uma boa meia hora a marinar nesse mesmo molho. Vá lá, confessem, não torna tudo tão mais apetitoso?
Para estes molhos dos grelhados ou mesmo quando faço assados no forno, uso sempre o mesmo, este é dos molhos que fica delicioso em tudo!


Coisinhas necessárias:

♥ 4 entremeadas;
♥ 4 dentes de alho picados;
♥ 1 copo de vinho tinto;
♥ 2 colheres de sopa de colorau;
♥ 1 raminho de tomilho Aromáticas- Vivas;
♥ Pimenta Suldouro-Navires q.b;
♥ Sal q.b;
♥ 3 colheres de sopa de azeita;
♥ 1/2 copo de água.

Começar por marinar a carne: numa bacia colocar todos os ingredientes e deixar cerca de 30 minutos.
Aquecer o grelhador e dispor a carne para grelhar e ir pincelando de vez em quando de um lado e de outro com o molho. Deixar grelhar até a carne estar pronta.
Simples não é?
Eu acompanhei com uma salada de alface e de mostarda da Aromáticas-Vivas temperada simplesmente com sal, pimenta, azeite e vinagre.




quinta-feira, 19 de abril de 2018

Peitos de frango recheado com queijo ricotta e espinafres

Uma das carnes que mais gosto é o frango, gosto da versatilidade dele, de poder utiliza-lo de várias maneiras. Invenções são comigo e para o jantar do outro dia não sabia muito bem como haveria de o fazer, não o queria grelhado nem em strogonoff, portanto pus a cabecinha a funcionar e saiu isto:


Coisinhas necessárias:
♥ 3 peitos de frango;
♥ 200g de queijo ricota;
♥ 100g de espinafres;
♥ Molho de tomate;
♥ Sal q.b;
♥ Queijo emmental q.b;
♥ Pimenta Suldouro-Navires;

Começar por preparar os peitos de frango abrindo-os a meio sem ir até ao fundo. Bater os peitos de frango para torná-los um pouco mais finos.
Entretanto preparar o receio: numa frigideira com um fio de azeite colocar os espinafres, o sal e a pimenta até estarem prontos. Num taça à parte esmagar o ricota e juntar o preparado dos espinafres.
Rechear os peitos de frango com o preparado e enrolar, espetar 2 palitos para que não abram.
Por cima colocar o molho de tomate e o queijo ralado.
Levar ao forno pré-aquecido cerca de 30/40 minutos cerca de 200ºc.






Dicas:
♥ Eu utilizei espinafres congelados, se utilizarem frescos têm de colocar um pouco mais pois reduzem muito ao murcharem.

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Molho de tomate [O melhor de sempre, para mim]

Quem não gosta de um bélissimo molho de tomate? Haverá coisa mais versátil de que um molho destes? Ele é para massas, ele é para saladas, ele é para pizzas, dá para utilizar em qualquer comida. Eu adoro! E foi na minha busca por um molho de tomate perfeito que cheguei a esta receita. O resultado é um molho onde os ingredientes são frescos e onde o pimento lhe dá um toque apimentado o que eleva este molho a outro nível.
Deixo-vos então com a minha receita que, para mim, é o melhor molho de tomate de sempre.



Coisinhas necessárias:

♥ 1 cebola;
♥ 3 tomates pelados;
♥ 2 dentes de alho;
♥ 1/2 pimento pequeno;
♥ 2 colheres de sopa de molho de tomate;
♥ Sal q.b;
♥ Pimenta e oregãos Suldouro-Navires;
♥ 2 Folhas de manjericão fresco Aromáticas Vivas
♥ 1 fio de azeite;

Num tacho começar por aquecer o azeite e juntar a cebola picada até que fique bem caramelizada. De seguida, juntar o alho picado e o pimento cortado aos cubos grosseiramente. Deixar alourar. 
Juntar os tomates pelados e deixar apurar. Acrescentar os temperos (sal, pimenta, oregãos, folhas de manjericão). Quando o molho tiver uma boa consistência, com a varinha mágica passar tudo para que fique um molho homogéneo.
Voltar a levar ao lume e acrescentar o molho de tomate e deixar apurar mais 5/7 minutos.



Dicas:
♥ Podem utilizar este molho em tudo o que vos apetecer, desde massas a pizzas;
♥ Podem colocar num frasco e guardar no frigorífico, o meu esteve 2 dias e aguentou-se bem, portanto penso que poderão guardá-lo até uma semana no máximo, mas hei-de fazer o teste e depois digo-vos.
♥ Podem congelar e ter sempre este molho em casa.

terça-feira, 17 de abril de 2018

Aromáticas Vivas - Parceria

Pois bem meus amores e eis que a primeira parceria de 2018 acontece. Desta vez foi esta maravilhosa marca de ervas aromáticas que se juntou aqui ao estaminé - a Aromáticas Vivas.
Para quem não conhece, esta marca foi fundada em 2009 com o "objectivo de ser, em Portugal, a maior e mais inovadora produtora de ervas aromáticas frescas".
Ainda por cima esta não utiliza herbicidas nem pesticidas não acham óptimo?
Só uma curiosidade, sabiam que a Aromáticas Vivas produz mais de 5 milhões de vasos e 800 toneladas de ervas aromáticas por ano? Pois é também eu fiquei de boca aberta!
Pessoalmente acho que eu e as ervinhas nos vamos dar muitooo bem, embora as ervas secas sejam muito práticas e boas, as frescas também o são e o sabor acaba por ser muito mais intenso.
Agradeço à marca na pessoa da Cristina Oliveira pelo envio dos maravilhosos produtos. Olhem só esta maravilha:












Podem visitar a página de facebook ou o site onde podem saber tudo sobre a marca, ver receitas e ainda obter dicas de como cuidar destas ervas. Eu já fui aprender. E vocês de que estão à espera? Utilizam muito ervas aromáticas? Eu já estou cheia de ideias para começar a utilizá-las!

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Pão de ló

Ás vezes as receitas mais simples são as melhores. Este bolo deve ser mesmo daqueles que fazem parte da infância de toda a gente.
Gosto de o fazer de vez em quando, sabe bem acompanhado de um chá ou mesmo barrado com manteiga (eu sei que sou estranha, mas juro-vos que é bom!).
Deixo-vos então com a receita deste maravilhoso pão de ló, simples que nem ele:


Coisinhas necessárias:

♥ 12 ovos;
♥ 11 colheres de sopa de açúcar;
♥ 12 colheres de sopa de farinha;
♥ 1 colher de chá de fermento;

Começar por bater as gemas com o açúcar cerca de 7/8 minutos até estas dobrarem de volume.
Juntar a farinha e o fermento e envolver muito bem. 
Por fim juntar as claras em castelo e levar ao forno numa forma untada com manteiga e polvilhada com farinha ou untada com spray desmodelante cerca de 30/35 minutos.




Dicas:
♥ Podem juntar por exemplo raspas de laranja ou de limão ou mesmo essência de baunilha para lhe dar outro gosto.

Bon Apetit!

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Croissant brioche

Alô alô!
O outro dia decidi experimentar uns croissant brioche que vi no blog A Pimenta Rosa, ficaram tão fofinhos que tive e partilhar com vocês a receita. Não segui exactamente a receita mas poderão ver a original aqui.

Coisinhas necessárias:
♥ 2 ovos (1 para pincelar);
♥ 80g de açúcar;
♥ 60g de manteiga;
♥ 200ml de leite morno;
♥ 500g de farinha;
♥ 1 saqueta de fermento seco Fermipan;

Numa taça colocar a farinha a fazer uma pequena cova onde vão colocar o ovo, o açúcar, a manteiga, o leite e o fermento. Com uma colher de pau mexer tudo, quando ficar difícil mexer com a colher de pau, começar a amassar com a mão até formar uma bola homogénea que descole das mãos, juntar mais farinha se necessário para que fique descolada.
Colocar um pano limpo por cima e deixar levedar cerca de 30 minutos.
Depois de levedar dividir a massa em pequenas porções, esticar a massa de forma a formar um círculo. Com um cortador de pizza ou uma faca cortar triângulas e enrolar a partir da parte mais larga até à ponta. 
Levar a um tabuleiro forrado com papel vegetal, pincelar os croissants com ovo batido e levar ao forno pré-aquecido cerca de 15 minutos a 180ºc.





Dicas:
♥ Os croissants não ficam muito doces pelo que se quiserem come-los simples terão de acrescentar um pouco mais de açúcar.♥ Se sobrarem de um dia para o outro, armazenar em caixa hermética ou saco de plástico bem fechado senão ficam duros.